Duas Startups israelenses receberam prêmios na Conferência de Inovação na Ásia

Sanolla desenvolveu estetoscópio baseado em IA que salva vidas, que ouve sons que as pessoas não podem ouvir. Rapid Diagnostics, desenvolveu o diagnóstico molecular, sem laboratório.

Sanolla desenvolveu o primeiro estetoscópio do mundo capaz de ouvir infra-som – comprimentos de onda acústicos que os humanos não podem ouvir.

Rapid Diagnostics, desenvolveu Naor, um motor inovador para diagnóstico molecular rápido no local, sem infra-estrutura de laboratório, que já é aplicável aos testes covid-19 e a uma variedade de doenças infecciosas.

Concorreram 145 startups de 14 nações, incluindo as duas empresas israelenses que avançaram para a final.

Devido às limitações de entrada de Taiwan, as empresas israelenses participaram da conferência online, enquanto seus facilitadores de programas de Taiwan as representaram pessoalmente no pavilhão da conferência.

Como parte da iniciativa IP2LaunchPad, as empresas israelenses têm sido exibidas nesta conferência nos últimos três anos, recebendo prêmios e subsídios, um avanço em sua entrada nos mercados do Extremo Oriente, e diferentes parcerias e colaborações. A participação no programa dá às empresas israelenses uma presença local em Taiwan, permitindo-lhes expandir suas operações comerciais no Extremo Oriente, de acordo com Rani Shifron, CEO da Healthier Globe, diretora das iniciativas de inovação do IP2, e representante israelense da i2i.

Fonte: Jewish Business News