Vagas de emprego no high-tech israelense crescem 300%, enquanto modelos de trabalho híbrido se sedimentam

De acordo com Laly David, Business Development Partner na OurCrowd, que publicou recentemente um relatório sobre a disponibilidade de vagas de emprego em Israel chamado High Tech Jobs Index Q2 2021, “a tendência de se contratar colaboradores de áreas geográficas periféricas está aqui para ficar, e felizmente até crescer”.

A pesquisa indica uma demanda crescente por recrutas para o mundo das startups, apesar da continuada pandemia do Covid-19, com um aumento de 300% no ano-a-ano com relação a vagas disponibilizadas entre o Q2 2020 e o Q2 2021, com mais de 60% das empresas entrevistadas buscando aumentar seus times além de posições-chave.

Rastreando aberturas e contratações em empresas de high-tech em Israel e no exterior, com todos os dados baseados em uma pesquisa empírica e a sessão de empregos de seu site, a OurCrowd identificou mais de 100 empresas que estão contratando. Isto representa um aumento, com cerca de 31 novas vagas adicionadas por dia, comparado a 15 durante o Q1, demonstrando um saudável crescimento de 200% após um aumento regular de 7% nas vagas disponibilizadas em trimestres anteriores. Engenharia de Software permanece a categoria com a maior demanda, com 18% das vagas abertas, enquanto business development trilha com 15% das aberturas.

Após a crise do Covid, modelos de trabalho híbrido e remoto se espalharam pela indústria, apesar de Israel ser líder mundial em números de vacinação. Enquanto 95% das empresas já reabriram seus escritórios, apenas 13% estão trabalhando in loco integralmente. 80% permitem que empregados trabalhem de casa em meio-período. Das entrevistadas, 77% disseram que esperam a continuidade do modelo até pelo menos o final de 2021.

Ainda segundo David, “a disseminação da variante Delta dificulta o planejamento mais uma vez, e a adoção de meios de trabalho remoto sugerem que muitas empresas serão capazes de continuar suas atividades com um mínimo de disrupção”.

 Para Moshe Tanach, CEO da NeuReality, uma empresa do portfolio da OurCrowd, “a pandemia do Covid criou uma necessidade urgente que nos levou a adotar um ambiente de trabalho híbrido que é crítico, especialmente para novos colaboradores. Na NeuReality, estamos comprometidos a manter e melhorar este novo modelo de trabalho, independentemente do que acontecer com a pandemia. Acreditamos que é um componente essencial para nosso sucesso futuro”.

O modelo de trabalho híbrido parece ter mais implicações, já que o trabalho remoto se tornou, para muitos, o novo normal. Mais empresas israelenses dizem estar dispostas a contratar empregados da “periferia”, o que significa mais distantes do centro do país e suas maiores cidades, que são Jerusalém, Tel Aviv e Haifa. Neste sentido, 35% disseram estar mais dispostos a contratar da periferia enquanto 55% constataram que já o faziam antes da pandemia.

Complementa Michael Gilboa, VP de Recursos Humanos na Morphisec, que a empresa “está mudando da fase de startup para um momento de scale up, havendo dobrado sua força de trabalho desde o início de 2021, em Israel, nos Estados Unidos da América e na Índia. Este movimento decorre de “um esforço para considerar as necessidades dos empregados enquanto a empresa cresce na pandemia, com a abertura de um pequeno escritório em Tel Aviv em adição à matriz em Beersheba, para que colaboradores possam trabalhar parcialmente de forma presencial com um tempo menor de deslocamento”.

Fonte: Calcalist Tech