Duas fintechs israelenses selecionadas para compor serviços de pagamento da Visa

Entre as treze startups escolhidas para fazer parte de uma iniciativa recheada de novas tecnologias de pagamento para a Visa Inc., duas são israelenses. A princípio funcionando para clientes na Europa, o programa “Visa Fintech Partner Connect” trará diversas capacidades avançadas, combinando as soluções da administradora de cartões com parceiros “cuidadosamente selecionados”.

As duas empresas israelenses escolhidas são a ChargeAfter e Personetics.

Segundo Shahar Friedman, chefe do estúdio de inovação da Visa em Tel Aviv, “a popularidade e necessidade de pagamentos digitais e bancos virtuais nunca foi tão grande, com a pandemia do novo coronavírus acelerando esta mudança de comportamento [e] levando muitos clientes a procurarem por meios para rapidamente efetivar suas ofertas. Visa FIntech Connect permite justamente isso, combinando nossa experiência com algumas das startups mais inovadoras [do segmento]”.

A ChargeAfter permite que empreendedores ofereçam financiamento instantâneo e personalizado para seus clientes, vindo de um número de credores, que em compensação aumentam suas bases de clientes. A startup foi montada em 2017 por Meidad Sharon e possui 35 colaboradores em Ramat Gan, Nova Iorque, Sunnyvale (Califórnia), e Dalla (Texas). Em fevereiro, a empresa disse que recebeu um investimento substancial estratégico da Visa.

Já a Personetics ajuda a analisar dados financeiros em tempo real, entendendo o comportamento de indivíduos, antecipando suas necessidades e agindo em seu nome. A startup foi fundada por David Sosna e David Govrin em 2010, e possui 220 colaboradores em seus escritórios em Tel Aviv, Nova Iorque, Londres, Paris, Espanha, Cingapura, Tóquio e Sydney.

As outras onze startups selecionadas pelo programa são europeias, e atuam em diversos subsegmentos como o fornecimento de dados sobre o crédito de consumidores, ajudar a simplificar software financeiro e de contadoria em uma só plataforma, disponibilizar dados mais claros de vendedores, aumentar a compliance das transações e analisá-las em tempo real, entre outras funcionalidades.

Fonte: Times of Israel