Oi escolhe solução de SON da israelense CellMining

Oi escolhe solução de SON da CellMining. A Operadora brasileira tier 1 usará a solução para otimizar a experiência do usuário nas redes móveis

Este artigo foi retirado do site Estadão

CellMining Ltd, principal fornecedora de soluções de SON (Self-Organizing Networks) e de soluções para medir a experiência de uso da rede pelo assinante, junto com sua parceira brasileira AsGa Sistemas, anunciaram hoje que a Oi escolheu a solução de SON da CellMining para otimizar automaticamente sua rede e melhorar a qualidade da experiência (QoE — Quality of Experience) dos assinantes da sua rede móvel em todo o país.

A Oi escolheu a solução de SON da CellMining, que é impulsionada pela tecnologia Subscriber-Network Analytics, após um rigoroso processo de seleção, que incluiu diversos fornecedores de SON e de equipamentos de redes. O processo também contou com uma Prova de Conceito, a qual demonstrou a precisão e a eficácia do método único da CellMining de análise centrada no assinante, tornando obsoletas as ferramentas de trace e fornecendo aos engenheiros da Oi uma melhora demonstrável no desempenho da rede quando utilizando o modo closed-loop da solução SON.

“Ganhar este prestigioso contrato é uma prova para a nossa abordagem única e liderança tecnológica neste campo”, disse o CEO da CellMining, Greg Giora Snipper. “Isso também expande a presença geográfica da CellMining e demonstra que nosso método pode beneficiar as operadoras de comunicações móveis de todo o mundo”.

“Oferecer uma experiência de uso excelente ao assinante é uma enorme prioridade para nós e estamos investindo milhões de dólares no aperfeiçoamento da qualidade de rede como parte disso”, disse o diretor de Rede Móvel e Transporte da Oi, Luiz Augusto Lopes. “Por usar o método centrado no assinante da CellMining, estamos confiantes de que iremos proporcionar uma experiência superlativa a nossos aproximadamente 44 milhões assinantes de serviços móveis”.

Fonte: Estadão

Share on LinkedInShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Google+