Israel aproveita sua capacidade de P&D na corrida pelo 5G

Qual é a linha comum que une carros autônomos e conectados, soluções digitais de saúde, robótica, Internet das Coisas e tecnologias de cidades inteligentes – além de um espírito compartilhado de inovação? Para atingir todo o seu potencial, cada um exigirá uma infraestrutura de rede que permita o processamento e a transferência de grandes quantidades de dados em velocidades ultra-altas – e é por isso que a implantação da tecnologia de rede celular de quinta geração (5G) será crucial.

Em julho, o Ministério das Comunicações de Israel anunciou o leilão do país para frequências 5G, com até 500 milhões de NIS (quase US $ 150 milhões) em incentivos para as empresas acelerarem seus investimentos na tecnologia.

Mas as contribuições de Israel à tecnologia 5G se estenderão muito além das fronteiras da Nação Start-Up. As proezas de P&D do país estão abrindo caminho para avanços na tecnologia 5G e lançando bases vitais para a próxima infraestrutura da quinta geração. Por meio de iniciativas como o Consórcio Heron, uma colaboração entre 13 parceiros industriais e 15 equipes de pesquisa em seis instituições acadêmicas – os inovadores israelenses estão trabalhando intensamente para construir a arquitetura de rede necessária para o 5G transformar a conectividade.

Além disso, as empresas de serviços de rede de ponta estão liderando o desenvolvimento de soluções que serão cruciais para dar suporte à arquitetura 5G. Veja alguns dos principais inovadores do país no espaço:

  • Em meio à crescente demanda por serviços de rede, a solução Network Cloud da empresa de software de rede Drivenets foi projetada para ajudar os provedores de serviços de comunicação a atender a demanda de maneira econômica em escala – permitindo que os provedores de serviços resolvam problemas críticos como a implantação 5G. A empresa garantiu US$ 117 milhões em financiamento este ano.
  • Em maio, a Gilat Satellite Networks, negociada na NASDAQ, foi pioneira na primeira demonstração de conectividade 5G em um satélite Low Earth Orbit (LEO). O teste, realizado com uma operadora européia de nível 1, contou com bate-papo por vídeo, navegação na Web e streaming de vídeo, e foi realizado através de um modem Gilat de alto rendimento. Desde a sua fundação, em 1987, a Gilat já enviou mais de 750.000 VSATs para operadoras de rede em 85 países.
  • Fundada em 2015, a RunEl foi lançada por alguns dos principais pioneiros da infraestrutura de rede 4G. O chipset Sparq-2020 de latência ultrabaixa da empresa foi projetado com uma ampla gama de futuras aplicações 5G em mente, incluindo carros conectados, cirurgia remota, AR e VR, comunicação por drone, jogos e automação industrial.

Ao oferecer velocidades cerca de 20 vezes mais rápidas que o 4G, o 5G dará lugar a mudanças drásticas em inúmeras indústrias, transformando os sonhos de alta tecnologia de hoje na realidade de amanhã. Não é de surpreender, portanto, que inovadores em todo o mundo estejam aguardando ansiosamente a implantação do 5G – e é ainda menos surpreendente que a tecnologia israelense tenha um papel significativo em tornar isso possível.

Traremos este mês ao Brasil uma delegação composta por 15 empresas israelenses do setor de telecom, para apresentar ao mercado brasileiro as inovadoras tecnologias e soluções deste segmento. A comitiva ficará em SP dos dias 25 a 27/11.

Para maiores informações, entre em contato conosco:  [email protected]