Dez startups israelenses para acompanhar em 2015

As dez startups a seguir ultrapassaram alguns obstáculos e desafios importantes que as tornam um alvo interessante para investidores e consumidores ao redor do mundo. A lista inclui diversas empresas que estão se integrando aos seus respectivos mercados, ou que ainda estão nos estágios iniciais, mas que pretendem avançar significativamente nos próximos meses.

Safer VPN

A SaferVPN, fundada por Amit Bareket e Sagi Gidali, lançou uma startup baseada em VPN que fornece acesso a internet roteado seguro para todo o mundo. O software da empresa permite que os usuários burlar restrições locais e acessar websites, ao mesmo tempo em que permite aos usuários manter suas informações pessoais seguras e criptografadas para uma navegação anônima.

safervpn

“Nós estamos vendo um aumento da censura online nos últimos anos, com alguns governos estabelecendo restrições severas sobre a liberdade de seus cidadãos. Nós, no ocidente, consideramos uma coisa normal podermos nos expressar nas mídias sociais, publicar vídeos em sites como o YouTube ou escrever cartas para publicar em jornais. Isso não é uma escolha se você vive [sob] alguns regimes,” afirmou Gidali.

Financiamento: Em março de 2015, a Safer VPN recebeu aproximadamente $500 mil de pessoas individuais. A empresa tem gerado receita desde o primeiro dia de funcionamento, e conta com uma base de usuários em constante crescimento.

Webydo

Fundada em 2012, a Webydo, sediada em Tel Aviv é uma plataforma de design web sem a necessidade de códigos para designers e agências web freelancers. A empresa foi fundada baseada na premissa que a web está se tornando cada vez mais um meio criativo. Até agora, os desenvolvedores têm ocupado uma posição central, e a Webydo está querendo virar a mesa empoderando designers individuais para tomar controle de todo o processo criativo.

featured38

“Desde os primeiros dias da web, tudo depende da criação de código. O nosso foco foi desenvolver um gerador de códigos poderoso para ajudar os designers a tomar o controle do processo criativo,” afirmou Shmulik Grizim, o CEO e cofundador da Webydo.

Financiamento: Em junho de 2014, a Webydo fechou uma rodada de financiamento Série B de $7 milhões, alcançando um investimento total de $9,7 milhões. Circulam rumores que sugerem que mais um investimento está a caminho por um importante investidor de risco.

Roojoom

Roojoom-cover-pageAlguns a chamam de SlideShare vitaminado. A Roojom, estabelecida em Tel Aviv, é uma plataforma de inteligência de marketing e conteúdo que ajuda as empresas a redirecionar o conteúdo existente para aumentar o engajamento e a conversão. Os websites da empresa são customizáveis e baseados na nuvem, e ajudam as empresas a demonstrar seus produtos e características de forma eficaz e em tempo real. Esses websites podem assumir muitas formas, incluindo páginas web padrão, vídeos, imagens e PDFs.

“Tendo trabalhado com clientes como a Microsoft e eToro, além de diversos bancos e grandes CPGs, nós esperamos triplicar nossa base de clientes até o final do ano,” disse Yael Kochman, um gerente de marketing da Roojoom.

Tomigo

recruit_socialA Tomigo desenvolveu uma plataforma de recrutamento social que ajuda os empregadores a fazer um recrutamento eficiente aproveitando o poder das redes sociais de seus funcionários atuais. A solução da empresa utiliza uma fusão de tecnologia avançada e expertise em mídias sociais para ajudar as empresas a aproveitar a ampla base de conexões de seus funcionários e, consequentemente, entrar em contato e contratar facilmente o talento que estão procurando.

A Tomigo se adapta bem a uma ampla gama de empresas, dedicando-se a ajudar os clientes a fazer o recrutamento, e a contribuir para seu sucesso contínuo.

SimilarWeb

29_0b

Após fechar recentemente uma rodada de financiamento de $15 milhões, a SimilarWeb, uma ferramenta de análise de tráfego de Tel Aviv já se tornou uma necessidade entre profissionais do marketing do mundo todo.

Com seu algoritmo único, os usuários são capazes de gerar dados valiosos para entender melhor seus mercados respectivos e enxergar o desempenho de seus concorrentes baseado em métricas como tráfego mensal, geolocalizações, dados demográficos, websites relacionados, tráfego de saída etc. Em outras palavras, a SimilarWeb é o Google Analytics sem restrições de acesso.

Financiamento: Em novembro de 2014, a SimilarWeb obteve $15 milhões de financiamento Série D de um antigo investidor, Naspers, e do investidor anjo Lord David Alliance. A empresa levantou um total de $40 milhões.

Yallo

A Yallo, sediada em Tel Aviv, quer reinventar a chamada telefônica. O princípio fundador da empresa baseia-se na premissa que assim como o Whatsapp e o SnapChat mudaram a mensagem de texto, a chamada telefônica não muda há décadas. “A ideia é simplesmente transformar uma chamada telefônica em uma plataforma rica com tudo incluído,” afirmou Yosi Taguri, CTO da Yallo.Yallo

O aplicativo da Yallo automaticamente reconecta chamadas perdidas, salva ou compartilha uma chamada. Os usuários podem iniciar uma chamada em grupo com um único clique ou mesmo interromper uma chamada ao receber uma ligação de um contato prioritário. Por exemplo, se o seu filho por um contato prioritário, ele poderá interromper sua chamada. Se isso é uma coisa boa ou não, fica a critério dos usuários.

Financiamento: A Yallo fechou um financiamento Série A de $4 milhões em março de 2015, e o investimento foi liderado por Carmel Ventures, um membro do Grupo Viola. Nos próximos meses, a Yallo irá ampliar seus esforços de marketing para lançar totalmente seu produto.

Mapme

Mapme é uma plataforma self-service para criar mapas comunitários crowdsourced. A plataforma permite a qualquer um criar um mapa mundial comunitário. Até agora, os usuários criaram mapas de propriedades imobiliárias, de empresas de tecnologia e startups, até impressões 3D e tecnologias cerebrais. A simplicidade do mapa é talvez seu ponto forte. Ao invés de percorrer índices de diretórios baseados em texto, os usuários interessados em impressão 3D ou tecnologia em uma região específica podem facilmente percorrer os mercados locais utilizando o mapa interativo.

Untitled-3

“Em 2015 nós estaremos focados em aumentar e diversificar os tipos de mapas que nós temos na nossa plataforma. Nós vamos focar ainda mais na experiência móvel. Mais próximo do fim do ano, nós trabalharemos na conexão dos mapas da nossa plataforma com mapas relacionados e lugares sugeridos, aproveitando os dados existentes para criar mapas melhores,” disse Ben Lang.

SwarmBuild

Estabelecida em Tel Aviv, a SwarmBuild é um mercado de produção que conecta qualquer pessoa que tenha uma ideia de design com os engenheiros e fabricantes que eles precisam para transformar suas ideias e designs em produtos. Essencialmente, a empresa permite que engenheiros vendam suas ideias de design e as transformem em realidade conectando o engenheiro com um fabricante relevante.

“Nenhum concorrente desenvolveu todas as ferramentas necessárias para fazer a transição do projeto para produção. a nossa solução conecta inovadores com engenheiros e fornece aos fabricantes um mecanismo de precificação proprietário e fácil de usar,” afirmou Kogan.

Financiamento: A empresa recebeu um investimento inicial de $20.000 do Iowa Startup Accelerator. Agora, com um percurso de 15 meses a $40.000 por mês, a SwarmBuild estima necessidades de capital de aproximadamente $600.000, além de uma taxa única de aquisição de PI de $200 mil. Kogan está atualmente em negociação com investidores.

Viggo TV

Christmas-screens

A Viggo é uma espécie de anomalia nessa lista, pois ela fabrica produtos para o mundo físico. Essa startup sediada em Herzliya, com escritórios em Amsterdã, desenvolveu uma solução de Smart TV para hotéis que busca entre a população por informações confiáveis e em tempo real sobre a comunidade local, para proporcionar uma melhor experiência para o viajante de negócios.

“Os hotéis sempre tiveram uma reputação de ser resistentes à mudança. Nós acreditamos que os hotéis precisam emular os hábitos do convidado e isso significa ser capaz de se adaptar às novas tecnologias. Mais do que isso, ao adotar tecnologias transformadoras, os hotéis podem descobrir novas fontes de receitas,” disse Shiri Sivan, VP de Marketing da Viggo.

VoxDox

Screen Shot 2016-05-10 at 10.22.32 AM

Sediado no norte de Israel, o Voxdox é um aplicativo de conversão de texto para fala para ajudar estudantes com dislexia, alexia ou outras deficiências de aprendizagem. Lançado em março de 2013, o Voxdox já atingiu 200.000 downloads, estando a maior parte dos seus usuários localizados nos EUA, Alemanha e Brasil.

“Comparado com outros aplicativos similares no mercado, o Voxdox está equipado com um aplicativo de texto para fala e um leitor eletrônico. Isso significa que o usuário não precisa usar dois aplicativos simultaneamente, um para fala e outro para leitura,” afirmou Ben Baror, CEO da Root Applications, a startup pro trás do Voxdox.

Fonte: Gaia