O que faz Tel Aviv uma das cidades mais tecnológicas do mundo

Localizada no país com o maior número de startups per capita, Tel Aviv é conhecida como a capital das startups de Israel. Situada ao longo da costa central do país, “a cidade que nunca para”, como é apelidada, tem o melhor ecossistema de inicialização fora os EUA, graças ao seu ambiente tecnológico e pool de talentos, de acordo com um relatório recente da empresa de dados Compass.

Mas, além das manchetes sobre aquisições de startups israelenses por bilhões de dólares a cada ano, as pessoas não costumam ouvir falar muito de Tel Aviv por trás das cenas. Seus programas de desenvolvimento urbano sustentável e aumento da participação cívica deram recentemente a Tel Aviv o título de Cidade Mais Inteligente do Mundo.  Além disto, Tel Aviv,  uma das cidades no mundo que sedia  a conferência anual de inovação DLD (que em 2016 acontece de 25 a 29 de setembro) é líder em estimular  e nutrir o espírito empreendedor, e é o lar de espaços de trabalho colaborativos, empresas de investimento e conferências globais de inovação.

ap2

“Tel Aviv é a cidade das startups no pais das startups”, diz  Gilad Uziely, diretor de desenvolvimento econômico do programa  Tel Aviv Global. “A inovação é parte do DNA básico do povo de Tel Aviv.”

ap3

Serviços digitais em toda a cidade para os residentes

Entre as soluções tecnológicas de Tel Aviv está o Wi-Fi totalmente disponível  em toda a cidade, um sistema lançado pela prefeitura do município cerca de dois anos atrás. Atualmente abrange 3,7 milhões de metros quadrados (incluindo praias da cidade, avenidas, lojas, cafés e hubs de startups), e tem mais de 250 mil usuários únicos desde a sua criação.

Outra solução da cidade inteligente é o “Digi-Tel,” um serviço personalizado exclusivo que fornece informações sobre a cidade via e-mail e mensagens de texto. As informações oferecidas por este aplicativo móvel varia de descontos para eventos até alertas aos moradores do bairro sobre obras rodoviárias, por exemplo.

Além de sua atmosfera digital, Tel Aviv também apóia jovens criativos através do estabelecimento de centros de trabalho subsidiados, que conectam  empresários, empreendedores e artistas em vários campos, com o objetivo de promover o crescimento de startups, através do fornecimento de condições de trabalho estimulantes, eventos e diversos serviços gratuitamente.

Espaços de trabalho compartilhados inspiram criatividade

Tel Aviv também é o lar de vários espaços de trabalho que são baseados na economia compartilhada, oferecendo escritórios bem pequenos (com serviços compartilhados, tais como copiadoras e máquinas de café expresso) a pequenas startups, em uma base mensal. Em Tel Aviv, a história de sucesso estereotipada que determina que as empresas que “chegaram lá” começaram a partir de uma garagem ou um porão, é um pouco diferente: Muitas startups simplesmente nascem na mente dos jovens empresários que trabalham em estações de trabalho compartilhadas. O ecossistema de startup da cidade, portanto, goza de ambientes inspiradores, com muitas startups em estágio semente escolhendo estabelecer-se em áreas de trabalho colaborativas, tais como WeWork, que opera dois edifícios de escritórios em Tel Aviv.

De acordo com a equipe da WeWork , “os israelenses sabem como levar o espírito empreendedor para um nível totalmente novo. Nós temos um histórico baseado em senso de comunidade e sabemos o que significa ser parte de algo maior que nós mesmos, quer se trate de uma equipe de esportes, família, ou o exército – que trabalhamos juntos para ter sucesso “, e completam dizendo que “WeWork é parte da solução para aproximar pessoas e empresas”.

ap4

Cozinha compartilhada no WeWork

WeWork fornece estações de trabalho para centenas de membros, apenas pedindo que eles apareçam com seus laptops e criatividade. Todos os outros serviços, incluindo contas, refrescos, salas de conferência, salões e espaços para reuniões inspiradoras, são todos fornecidos pelo WeWork. Os membros são encorajados a tirar proveito das redes de startups locais e globais e estão convidados para uma variedade de eventos , desde discussões inspiradoras até aulas de ioga.

ap5

MindSpace é outro pioneiro na tendência emergente de espaços de trabalho colaborativos, localizado no coração da cidade – na elegante Boulevard Rothschild. Se tempo é dinheiro, a ideia é economizar tempo e dinheiro, e permitir que as startups concentrem-se em seu trabalho criativo. Tudo, desde acesso à internet até o conserto do ar condicionado, é  coberto e oferecido para os membros. O conceito é criar um ambiente bonito e confortável para uma comunidade que é diversificada e inclui profissionais de alta tecnologia e design.

“No Mindspace, 50 por cento dos membros trabalham juntos. Tudo é in-house e acessível. Você anda em frente ao corredor e encontra o seu designer gráfico, e do outro lado você dá de cara com o desenvolvedor do projeto, ” diz a equipe do MinSpace. “Há algo adorável e amigável aqui, é como uma família.”

O número de aceleradoras de startups mais que dobrou nos últimos anos

O ecossistema de statups em  Tel Aviv também é preenchido com os investidores de todos os tipos e muitas nacionalidades – empresas de capital de risco, investidores de private equity, investidores institucionais, incubadoras e investidores anjo. De acordo com o Centro de Pesquisa IVC, startups israelenses estabeleceram o recorde de todos os tempos em 2015, levantando US $ 3,2 bilhões nos três primeiros trimestres, em comparação aos US $ 2,3 bilhões no mesmo período do ano passado. Parte desse dinheiro foi canalizado para empresas em aceleradoras de startups, algo nada raro de se encontrar em Tel Aviv.

De acordo com a prefeitura de Tel Aviv, existem atualmente 50 aceleradores de startups  e incubadoras na cidade, mais que o dobro de 3 anos atrás. Se patrocinado pela cidade, por uma empresa multinacional ou por uma empresa de capital de risco local, as aceleradoras dão as startups em fase semente assistência financeira e orientação.

ap6

Entre os aceleradores locais está o CREATE Tel Aviv, apoiado pela  Terra Venture Partners, pela Prefeitura de Tel Aviv e por patrocinadores corporativos. Ele proporciona às startups  um programa de seis meses, durante o qual conecta indivíduos com corporações multinacionais, e trabalha para estabelecer novos empreendimentos de tecnologia.

Outro acelerador focado em startups em estágio semente é o Elevator, conectando inovadores de Israel com os mercados internacionais e investidores principalmente nos EUA e Europa.

Nautilus,  um acelerador local estabelecido pela AOL (agora propriedade da Verizon), tem como objetivo apoiar startups por até um ano completo. Oferece captação de recursos e fundos, apoio estratégico, bem como suporte ao produto. Além disso, as startups recebem  pleno acesso a ampla rede de talentos e recursos da AOL.

Certamente, Tel Aviv é o lugar ideal para aqueles que estão buscando estabelecer-se em uma comunidade criativa e tecnológica.

Fonte: No Camels

Fotos e infográfico:  Trip & Travel Blog, Or Hiltch, City of Tel Aviv, WeWork, StateofIsrael, Pikiwiki e Einat Paz-Frankel