Uma nova era no tratamento da depressão

Tecnologia Israelense aprovada pela ANVISA inaugura nova era nos tratamentos de várias doenças de origem no SNC e no cérebro.

A Brainsway Ltd., uma empresa israelense do setor de saúde especializada em inovações de soluções tecnológicas para tratamentos de doenças de origem no Sistema Nervoso Central (SNC) e cérebro, junto com a sua parceira Brasileira Meizler UCB Biopharma, recebeu aprovação da ANVISA (D.O.U. 07/07/2014) para oferecer nova tecnologia utilizando a Estimulação Magnética Transcraniana Profunda (EMTp) para tratamento de seis (6) indicações inicialmente: Depressão, Depressão Bipolar 1 e 2, Esquizofrenia, Transtorno do Estresse Pós-traumático (TEPT), Mal de Parkinson e Dor Crônica.

Até o próximo ano as empresas pretendem ampliar o registro junto a ANVISA para tratamento de vícios de drogas, fumo (tabagismo) e obesidade. A tecnologia já possuía aprovação FDA desde 2013.

A Estimulação Magnética Transcraniana Repetitiva (EMTr) estimula áreas específicas do cérebro, gerando mudanças controladas de ativação ou inibição nos neurônios de acordo com o objetivo especifico de cada tratamento. No Brasil, esta técnica é aprovada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para tratamento da depressão.

A principal inovação da tecnologia Brainsway, protegida por patentes, é o alcance mais profundo das regiões cerebrais, chegando até 8cm, aumentando a eficácia do tratamento.

2

Além de resultados mais eficazes, o Brainsway dTMS possui uma série de benefícios quando comparado ao tratamento pelo uso de remédios ou à terapia eletroconvulsiva (TEC), tais como:

  • Não Sistêmico;
  • Não Invasivo;
  • Não Cirúrgico:
  • Curta duração do tratamento (20 minutos por sessão e duas a três semanas para resultados);

No Brasil, o parceiro da Brainsway é a empresa Meizler UCB Biopharma S.A., uma empresa farmacêutica Brasileira fundada há 25 anos pelo Sr. Avi Meizler,que atualmente atua como Chairman e Desenvolvimento de Novos Negócios. Em Junho de 2012, a empresa multinacional Belga UCB tornou-se sócia majoritária da empresa.