Monitoramento de dor Israelense recebe aprovação da ANVISA e chega ao Brasil

A Medasense Biometrics Ltd. anunciou que seu dispositivo de monitoramento de resposta à dor NOL® (PMD-200 ™) foi aprovado para comercialização no Brasil pela ANVISA, a agência reguladora de saúde brasileira.

A tecnologia NOL da Medasense permite aos médicos otimizar e personalizar o controle da dor e evitar o excesso de medicação. O dispositivo de monitoramento é utilizado principalmente em salas de cirurgia, onde ajuda as equipes cirúrgicas a administrar a medicação para dor durante a cirurgia, quando o paciente está sob anestesia. A tecnologia exclusiva NOL aplica uma plataforma de detecção não invasiva e um algoritmo de inteligência artificial para monitorar e quantificar objetivamente a resposta individual à dor do paciente.

Em resposta à pandemia de COVID-19, estudos também estão em andamento para confirmar os benefícios do monitoramento NOL na unidade de terapia intensiva para pacientes sob ventilação mecânica, incluindo pacientes com COVID-19. A disseminação do vírus em todo o Brasil levou a um aumento no número de pacientes ventilados mecanicamente, que requerem tratamento qualificado da dor e analgesia ideal para ajudar a melhorar a recuperação.

Um dos primeiros usuários do NOL no Brasil, Dr. José Luiz Gomes do Amaral, Professor e Presidente do Departamento de Anestesiologia, Dor e Cuidados Críticos da Escola Paulista de Medicina do Hospital São Paulo, afirmou: “Sem dados objetivos, sempre estivemos incerto se nossos pacientes estão recebendo analgesia suficiente durante a cirurgia; muitos de nossos pacientes recebem analgésicos de resgate após os procedimentos, refletindo o subtratamento da dor. A introdução do monitoramento NOL no Brasil é um desenvolvimento estimulante para mim e meus colegas, pois acredito que isso possa ser a tecnologia inovadora que todos temos procurado para nos ajudar a fornecer um tratamento melhor com medicamentos para a dor. “

Karine Moriya, CEO da J.G. Moriya, parceiro comercial da Medasense no Brasil, comentou: “Estamos ansiosos para trabalhar com a Medasense e estamos entusiasmados por podermos estabelecer o monitoramento de NOL no Brasil. Nossa rede de cirurgiões e anestesiologistas influentes deve nos permitir trazer essa tecnologia tão necessária para as instalações cirúrgicas avançadas do Brasil e esperamos realizar as primeiras cirurgias guiadas por NOL nas próximas semanas. “

Para saber mais sobre esta e outras empresas israelenses do setor de sáude entre em contato conosco pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (21)3514-8410.