Pfizer, AstraZeneca, Merck e Teva se unem para criar novo Laboratório de Inovação em Israel

Essa notícia foi retirada do site Ctech.

A Autoridade de Inovação de Israel (IIA) e o Ministério Digital Nacional selecionaram a Pfizer, a AstraZeneca, a Merck e a Teva para criar um Laboratório de Inovação para pesquisar saúde digital e biologia computacional. As empresas, que se juntam à presença do Israel Biotech Fund e da Amazon Web Services (AWS), estabelecerão o laboratório no Rehovot Science Park para ajudar empreendedores e startups a enfrentar os desafios do setor de saúde.

O laboratório está programado para abrir em 2021 e se juntará aos laboratórios existentes como parte do programa iniciado pelo IIA. No total, terá um orçamento governamental de 32 milhões de NIS (US$ 9,9 milhões), bem como financiamento adicional de parceiros. O grupo recebeu uma franquia operacional de cinco anos e o IIA e o Ministério Digital Nacional financiarão 85% de um orçamento de 3 milhões de NIS (US$ 1 milhão) para cada startup que ingressar no laboratório.

“Este último ano provou que o setor de saúde está em rápida transição para o desenvolvimento e uso de tecnologias avançadas que integram engenharia e biologia, o que já levou a resultados mais precisos em um quadro de tempo mais curto”, disse Aharon Aharon, CEO da Autoridade de Inovação. “A expertise e a vasta experiência dos parceiros dos laboratórios permitirão que essas empresas estabeleçam uma indústria significativa e pioneira em Israel.”

“Estou entusiasmado com a criação do Laboratório de Inovação, em colaboração com as principais empresas farmacêuticas globais”, acrescentou Asher Bitton, diretor-geral do Ministério Digital Nacional. “Permitirá que startups e pesquisadores cooperem com organizações de saúde, avancem em estudos inovadores, construam bases de dados e conhecimentos únicos e desenvolvam soluções inovadoras para auxiliar o sistema de saúde.”

O laboratório faz parte da “Estratégia de Bioconverência” que visa estabelecer um ecossistema bem-sucedido e inovador no setor de saúde. Seu objetivo é ajudar a avançar as tecnologias computacionais baseadas em IA que visam descobrir soluções e tratamentos personalizados. As recentes vacinas Pfizer e Moderna para enfrentar o Covid-19 podem citar a IA como um dos principais fatores em sua velocidade durante o desenvolvimento, e o laboratório espera que essa área de saúde se torne ainda mais significativa no próximo ano.

Para saber mais sobre o ecossistema de inovação israelense entre em contato conosco pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (21)3514-8410.