Nvidia anuncia planos para expandir atividades de P&D em Israel

A gigante norte-americana de semicondutores Nvidia anunciou na terça-feira que está expandindo suas atividades de P&D em Israel.

A empresa disse que estabeleceria um novo grupo de design e engenharia que irá liderar o desenvolvimento de CPUs Nvidia de próxima geração (unidades de processamento central) para as próximas revoluções tecnológicas em IA, robótica, veículos autônomos e simulações de mundo virtual da Omniverse, nova plataforma da empresa.

O grupo incluirá engenheiros em uma ampla variedade de funções, incluindo o desenvolvimento de hardware, software, arquitetura e mais. Eles se juntarão a uma gama de equipes atualmente ativas em Israel, trabalhando em redes de alta velocidade e tecnologias HPC, desenvolvimento de DPU (unidade de processamento de dados) da Nvidia, pesquisa de IA e outras atividades

Em março de 2021, a NoCamels informou que a Nvidia planejava recrutar 600 novos engenheiros de software e hardware para vários cargos.

A Nvidia inventou a unidade de processamento gráfico (GPU) em 1999, redefinindo a computação gráfica moderna e provocando o crescimento do mercado de jogos para PC.

Nos últimos anos, a empresa se tornou líder em computação de inteligência artificial com foco em jogos, veículos autônomos e robótica, data centers e visualização profissional. Em 2020, lançou seu chip A100 AI, que o fundador e CEO Jensen Huang chamou de “instrumento definitivo para o avanço da IA”.

Após a aquisição da Mellanox em abril de 2020 por US$ 7 bilhões, a Nvidia em Israel cresceu quase um terço para mais de 2.800 funcionários, com equipes baseadas em sete locais: Yokneam, Tel-Hai, Raanana, Tel Aviv-Yafo, Jerusalém, Kiryat Gat e Berseba.

“Israel, com sua riqueza única de talentos, é um ator importante no ecossistema global de tecnologia e estamos empolgados em criar um novo grupo de CPU aqui. Estamos ansiosos para aumentar ainda mais nossas atividades locais de P&D nesta área e em nosso extenso trabalho de apoio ao ecossistema local por meio de programas exclusivos para startups e desenvolvedores”, disse Michael Kagan, diretor de tecnologia da Nvidia.

Fonte: NoCamels

Imagem por Pixabay