Captação Israelense bate recorde em 2018

Em 2018, startups e empresas israelenses bateram recorde de captação.

Os dados são da IVC-ZAG, que mostram um aumento significante entre 2013 e 2018. As startups captaram USD 6,47 bilhões em 623 deals em 2018 – a maior soma em dólares desde 2013. Um total de 100 empresas captaram mais de USD 20 milhões, alcançando, juntas, a soma de USD 4,1 bilhões, aproximadamente quatro vezes mais do que comparado a 2013. As empresas que captaram menos que USD 5 milhões, por outro lado, mostram que os números caíram, com apenas 342 empresas captando USD 538 milhões em 2018.

O maior capital levantado foi pela empresa JFrog, uma empresa que automatiza atualização de softwares, que fechou a rodada de Series D em USD 165 milhões, com valuation de mais de USD 1 bilhão.

Em 2018, empresas e empreendedores israelenses adotaram uma abordagem cautelosa e de longo prazo, adiando o processo de saídas para uma melhor e mais rentável aquisição no futuro. Saídas de empresas de baixa tecnologia estão no topo da lista de 2018 – com a aquisição da Frutaron pela IFF por USD 7,1 bilhões e a aquisição da Soda Stream pela Pepsi por USD 3,2 bilhões.

Para a notícia na íntegra, acesse NoCamels.