Maala coloca em destaque a responsabilidade social das empresas em Israel

Os executivos de empresas grandes e pequenas estão se tornando cada vez mais conscientes de que fazer negócios tem a ver tanto em retribuir à comunidade quanto em impulsionar o crescimento e os lucros. Esse senso crescente de responsabilidade corporativa na verdade tem paralelos em alguns dos valores antigos profundamente enraizados na tradição judaica, a saber, “Tikun Olam” ou “Reparando o Mundo”. De fato, esse chamado tradicional por justiça e retidão ajudou a os princípios centrais do moderno Estado judeu ao longo dos seus 70 anos de história – portanto, não é de surpreender que, no mundo dos negócios, a idéia de responsabilidade social corporativa (RSC) seja natural para muitas empresas israelenses.

Na vanguarda do movimento de Responsabilidade Social Corporativa de Israel está a Maala, uma organização sem fins lucrativos fundada em 1998 que reúne executivos e inovadores de mentalidade social de todo o mundo.

A organização sediará sua terceira conferência internacional, em cooperação com a Unidade de Conduta Empresarial Responsável na Administração de Comércio Exterior do Ministério da Economia e Indústria de Israel, de 28 a 29 de novembro, sob o tema Innovation for Good Life. A conferência, realizada em Tel Aviv, está recebendo 800 participantes de todo o mundo para dois dias de discussão, debate e aprendizado. No primeiro dia do evento, os líderes de opinião e os principais executivos de negócios farão apresentações sobre alguns dos principais tópicos em RSC, desde o crescimento sustentável até a inclusão no local de trabalho e o investimento de impacto. O dia seguinte contará com visitas de campo de empresas e centros de pesquisa israelenses liderando o caminho para soluções sustentáveis para algumas das questões mais difíceis do mundo em uma ampla gama de setores e áreas, incluindo tecnologia de alimentos, agricultura, renovação urbana, saúde e empreendedorismo de minorias.

Empresas que representam um terço do PIB de Israel, com vendas anuais combinadas de US$ 94 bilhões, participarão da conferência. Entre as 120 empresas – membros da Maala estão líderes da indústria local e global, como P&G, Intel, Unilever, SAP, Bank Hapoalim, Bank Leumi, Teva Pharmaceuticals, Strauss Group, SodaStream, Osem-Nestlé Israel, Adama, Shikun&Binui e muitos mais , com palestrantes oriundos de uma variedade de funções em muitos setores-chave, incluindo tecnologia, finanças, alimentos e bebidas e muito mais.

Para maiores informações sobre empresas israelenses, entre em contato:

[email protected] | (21) 3259-9148

[email protected] | (11) 3095-3111