Indústria de diamantes vai brilhar na International Diamond Week em Israel

Mesmo antes do país atingir a condição de estado em 1948, Israel era uma jóia da indústria mundial de diamantes e, mesmo em meio à intensificação da concorrência global, a indústria continua sendo parte integrante do Estado moderno. Os US $ 28 bilhões em exportações de diamantes do país em 2016 representaram 13% das exportações totais de Israel para o ano, e a indústria de diamantes israelense emprega cerca de 20.000 pessoas, de acordo com dados da Bolsa de Diamantes de Israel.

Desde a inauguração da primeira fábrica local de polimento de diamantes em um subúrbio de Tel Aviv há mais de 80 anos, os israelenses estão comprometidos em estimular o crescimento e a inovação no setor de diamantes, e a sede israelense da Diamond Exchange, perto de Tel Aviv, é um tributo à história ilustre da indústria e suas ambições continuas. De acordo com o portal da Indústria Diamante de Israel, “Além de seu status como centro líder de polimento, a indústria de diamantes israelense se transformou em um centro de comércio internacional através do qual diamantes brutos e polidos passam regularmente e, posteriormente, adornam um volume significativo de joias de diamante vendidos em todo o mundo”.

É apropriado, então, que centenas de compradores internacionais se reúnam para a International Diamond Week em Israel (IDWI), que será realizada de 28 a 30 de janeiro de 2019, no pregão da Bolsa de Diamantes de Israel. Um evento de destaque para os comerciantes de diamantes em todo o mundo, o IDWI é um evento de luxo e uma excelente oportunidade para os negociantes de diamantes, com baixos custos de participação – ao contrário de grandes feiras caras.

A IDWI 2019 está programada para receber cerca de 200 expositores israelenses e internacionais, que exibirão diamantes e jóias com diamantes lapidados, e o evento tem apresentado historicamente importantes novos anúncios sobre os desenvolvimentos do setor. No IDWI 2018, a Bolsa de Diamantes de Israel anunciou o lançamento do Centro de Inovação de Diamantes, uma incubadora que fornece suporte para startups que operam no setor.

Entre as empresas israelenses participantes estão a Sarine, cujas soluções inovadoras incluem uma plataforma de classificação de diamantes baseada em IA, e a Inova, que pretende vender seu software de realidade aumentada para joalheiros e negociantes de diamantes para que os clientes possam comprar jóias de forma interativa. Novas iniciativas para apoiar a indústria de diamantes também serão reveladas no IDWI 2019.

Várias iniciativas do Ministério da Economia e da Indústria têm como objetivo apoiar a indústria local por meio de vários mecanismos, incluindo acesso a financiamento, apoio de marketing internacional e apoio a viagens para grandes conferências e eventos. O objetivo? Manter o brilho de renome mundial da indústria de diamantes local.

A Bolsa de Diamantes de Israel convida compradores profissionais de diamantes de todo o mundo a participarem do IDWI 2019!

Para mais informações, entre em contato com Micky Kattan [email protected]