Nano-GPS israelense equipa nanodrone para fazer selfies

Um dos projetos mais populares de todos os tempos da Kickstarter ‘não existiria’ sem um chip da OriginGPS, diz o fabricante do Zano

A mais recente novidade no que diz respeito a drones é o Zano, pesando ínfimos 55 gramas em uma estrutura de 6,5 cm x 6,5 cm. E para manter sob controle o Zano, que é o menor drone disponível para os consumidores, seus fabricantes estão utilizando o menor módulo de GPS do mundo.

Esse módulo é feito pela OriginGPS de Israel, especializada em fabricar chips e sistemas de direção e orientação em pequenas dimensões.

“Falando de forma simples, o Zano não existiria sem a OriginGPS,” disse Reece Crowther, chefe de Vendas e Marketing do Torquing Group, fabricante do Zano. “O recurso de GPS do Zano é o coração e a alma do produto e visto que nós quebramos os limites de tamanho dos veículos aéreos não tripulados, nenhum outro produto no mercado poderia oferecer a potência do Zano com o mesmo tamanho e peso mínimos. Escolher a OriginGPS para equipar o Zano foi muito fácil.”

O Zano, que ainda está em processo de desenvolvimento, arrecadou mais de £ 750.000 – mais de cinco vezes o seu objetivo de £ 125.000 – em plataforma de crowdfunding em apenas cinco dias (e ainda restam 25 dias de arrecadação!).

A equipe do Zano recorreu à OriginGPS de Israel para obter a tecnologia que permite ao minidrone realizar seus truques. O módulo de GPS Micro-Hornet da OriginGPS mede 10 milímetros por 10 milímetros por 3,44 milímetros, garantindo que o aplicativo do Zano possa se comunicar com o dispositivo e controlá-lo.

A OriginGPS tem um grande número de clientes que estão usando seus minimódulos em uma variedade de formas interessantes. Por exemplo, a Ficosa International, da Espanha, que produz sistemas e peças para a indústria automotiva, exibiu no ano passado uma Unidade Telemática Intraveicular que integra comunicação e navegação via satélite e consegue captar sinais de satélite de todos os sistemas de localização atuais e futuros do mundo (GPS/ GALILEO/ GLONASS/ BEIDOU/ QZSS).

O sistema mais leve que a média é ideal para integração a qualquer componente de um carro – incluindo o para-brisa, disse a empresa. Outros fabricantes estão usando o chip em itens vestíveis tais como camisetas e chapéus que sinalizam a posição de um usuário para um servidor e mostram a distância/velocidade que eles correram ou caminharam, integrado com sensores que medem os batimentos cardíacos e outros sinais vitais.

Leia a notícia completa em Times of Israel