Israel apresentará drone para recolher inteligência na retaguarda do inimigo

Esta notícia foi retirada do site Sputnik

A artilharia das Forças de Defesa de Israel tenciona testar um novo drone que, de acordo com as fontes, promete melhorar significativamente a coleta de informações e pode ser usado nas zonas de combate.

O novo drone, chamado Skylark 3, iniciará suas operações de teste já em abril deste ano. Os testes do novo veículo aéreo não tripulado serão realizados pelas tropas de artilheira de Israel.

O drone, de acordo com o jornal israelense Haaretz, dispõe de tecnologia que lhe permite estar no ar durante um período mais longo e está equipado com dispositivos fotográficos avançados.

De acordo com as fontes, as unidades de artilheira do exército israelense usam drones para realizar missões de reconhecimento e vigilância e também podem entrar numa zona de combates no coração de território inimigo enviando os dados aos militares que estão apenas a alguns quilômetros.

Estas caraterísticas inovadoras permitirão aperfeiçoar as capacidades operacionais das tropas terrestres e os comandantes de batalhão poderão operar independentemente em termos da coleta de dados de inteligência. O drone também poderá examinar a área antes de um ataque.

O drone poderá voar durante 6 horas e viajar cerca de 100 quilômetros. Entre outras caraterísticas o drone tem sistema de pouso com paraquedas para proteger as câmeras.

Não é a primeira vez que Israel tenta introduzir drones. Dez anos atrás, um projeto de drone foi considerado, mas, segundo as fontes, plano foi interrompido. Em 2012, um projeto similar também foi estudado, no entanto, devido a restrições orçamentais, ele também foi cancelado.

Fonte: Sputnik

Share on LinkedInShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on Google+