Palo Alto compra empresa de cibersegurança israelense Secdo por $100m

Esta notícia foi retirada do site Globes.

A empresa norte-americana de segurança cibernética, Palo Alto Networks (NYSE: PANW), anunciou na última terça-feira, 10, que concordou em adquirir a Secdo, empresa israelense também voltada à cibersegurança. Fontes próximas ao acordo na Secdo dizem que a Palo Alto Networks pagará US$ 100 milhões, a maioria à vista, mas também em ações.

A aquisição trará recursos sofisticados de detecção e resposta de endpoints (EDR), incluindo a exclusiva coleta e visualização de dados para uma proteção avançada dos endpoints da Palo Alto Networks Traps, visando aprimorar sua capacidade de detectar e conter rapidamente até mesmo ataques furtivos.

Fundada em 2015 pelo CEO Shai Morag e pelo CTO Gil Barak, ambos formados pela unidade de inteligência IDF 8200, a Secdo desenvolveu uma plataforma focada em proporcionar soluções de respostas para incidentes da próxima geração em ataques cibernéticos. Amir Kotler é presidente e diretor de operações.

A empresa está sediada em Ra’anana e arrecadou até agora US$ 11 milhões. Dentre os investidores estão RDC (sob o controle conjunto da Elron Electronic Industries Ltd. e da Rafael Advanced Defense Systems Ltd.), a O.G. Tech Ventures da Eyal Ofer e investidores-anjo, incluindo Marius Nacht, o fundador da Check Point Software Technologies (Nasdaq: CHKP).

A equipe de engenheiros de elite da Secdo complementará o profundo conhecimento em segurança e inovação dentro da organização de P&D da Palo Alto Networks. A abordagem da empresa à coleta e visualização de dados vai muito além dos métodos EDR tradicionais, que coletam apenas dados gerais de eventos e equipes hamstrings de operações de segurança tentando reconstruir cada etapa de um ataque e distinguir atividades maliciosas de atividade regulares. Uma vez integrados à Traps e à plataforma da Palo Alto Networks, esses dados preciosos serão alimentados no Serviço de Logging e proporcionarão aos aplicativos operando no escopo da aplicação da Palo Alto Networks maior precisão para detectar e deter ataques cibernéticos.

Morag disse: “Estamos muito satisfeitos em nos juntar à equipe da Palo Alto Networks. Nós fundamos a Secdo para aumentar drasticamente a visibilidade das equipes de operações de segurança visando reduzir o tempo necessário para detecção e resposta à alertas. A união dos esforços da Secdo e da Palo Alto Networks proporcionarão aos clientes os recursos de que precisam para detectar e responder aos ataques cibernéticos com rapidez e precisão ”.

O presidente e CEO da Palo Alto Networks, Mark McLaughlin declarou: “Acreditamos que as equipes de operações de segurança precisam de uma abordagem mais avançada e consistente com vistas à segurança dos endpoints. Com os recursos de EDR da Secdo como parte de nossa plataforma, aceleraremos nossa capacidade de detectar e impedir o sucesso de ataques cibernéticos em nuvem, endpoint e rede.”

Fonte: Globes