Israel é pioneiro em soluções de cibersegurança para infraestruturas críticas

Não é nenhum segredo que as crescentes ameaças de cibersecurity comprometem a segurança de sistemas de infraestrutura crítica das nações – desde usinas de energia e reservatórios de água até nossos sistemas ferroviários – com consequências potencialmente desastrosas para a segurança nacional, para a segurança econômica e para a saúde pública.

Reconhecido por seu expressivo ecossistema de tecnologia, as inovações de Israel há muito figuram na convergência entre alta tecnologia e segurança. A Unidade 8200, elite do Corpo de Inteligência das Forças de Defesa de Israel, tem atuado como uma plataforma de lançamento para muitos dos mais estimados tecnólogos do país, e uma análise de algumas empresas de cibersegurança israelenses ressalta a liderança inovadora da Nação das Start-ups na área.

Ciber ataques não ameaçam apenas dados pessoais de indivíduos e a segurança de redes, eles têm graves ramificações que são executadas de forma profunda, chegando a ativos cruciais de países. De usinas nucleares a ferrovias, infraestruturas críticas dependem de redes conectadas, o que torna ainda mais importante o estabelecimento de protocolos de segurança consistentes, e a inovação israelense tem ajudado a proteger esses ativos em todo o mundo.

No setor de óleo e gás, milhões de galões de petróleo e gás são produzidos, transportados e distribuídos através de uma rede interligada. Embora o processo automatizado facilite a produção, também traz o risco de uma invasão hacker.

Segundo a Agência Petronotícias,  Pesquisas e relatórios recentes indicam que houve um aumento de cerca de 80% nos ataques cibernéticos bem sucedidos pela percepção das empresas do setor de óleo e gás, enquanto que aproximadamente 30% das companhias do segmento têm apenas um conhecimento muito básico dos riscos a que estão expostas.

Dentre as empresas israelenses que estarão presentes no Brasil na próxima semana para a CIAB, o mais importante evento de TI do país, encontramos tecnologias voltadas à proteção de infraestruturas criticas.

No congresso, que acontecerá entre os dias 12 e 14 de junho em São Paulo, as empresas israelenses apresentarão soluções de autenticação e análise de identidade, biometria facial, de segurança contra ciberataques, plataforma de detecção de ameaças, dispositivos de bloqueio a hardware maliciosos, solução de análise de internet e apps, e produto para detectar esquemas de lavagem de dinheiro e fraudes.

Entre em contato conosco e ficaremos felizes em recomendar empresas relevantes e coordenar reuniões individuais durante o evento. Visite nosso Pavilhão Nacional no Hall A Stand A4 no Transamerica Expo Center SP!