Banco Mundial reconhece as estratégias de desburocratização de Israel

De acordo com o relatório Doing Business do Banco Mundial que avaliou 190 economias, fazer negócios em Israel é mais fácil que em 155 outros países, incluindo a Suiça.

Após um árduo trabalho do Ministério de Interiores para diminuir a burocratização e regulamentações pesadas, Israel subiu 14 pontos no ranking do Banco Mundial, saindo da 49ª posição do relatório de 2018-2019, para a 35ª.

Parte do sucesso israelense ao enfrentar a burocratização vem dos Comitês inter-governamentais, que visam aliviar o ambiente regulatório e o ambiente empresarial em Israel. Estes comitês levantam os pontos mais difíceis e apontam soluções de forma a simplificar os processos.

Israel entendeu diversas dimensões do ambiente regulatório e fez algumas melhorias para facilitar o processo como um todo. Um novo tipo de licenciamento para os negócios foi uma das principais reformas que aconteceu, e um comitê foi designado e dedicado a resolver as maiores dores, facilitando o processo como um todo.

 

Clique aqui e leia a matéria do Invest in Israel na íntegra e saiba como Israel conseguiu este feito.