Bananeiros visitam Israel para obter conhecimento tecnológico

Um grupo de bananeiros liderados pela consultoria Magreb foram a Israel nos dias 18 a 24 de março para buscar mais tecnologias para o cultivo de bananas.

No Brasil, as plantações de banana movimentam algo em torno de US $ 5 bilhões por ano, tornando o Brasil o terceiro maior produtor de bananas do mundo. Hoje, os produtores brasileiros estão mais conscientes sobre os investimentos em tecnologia e um forte planejamento da renovação da área de cultivo, o que movimenta a aquisição de um expressivo volume de mudas de banana anualmente. Os produtores estão preocupados com o nível saudável e de rendimento de suas colheitas.

 

Em Israel, as visitas foram feitos em empresas de Pesquisa e Desenvolvimento como a Evogene e Rahan Meristem, empresas de cultivo como a Ginosar e irrigação como Netafim e Naan Dan Jain, e até mesmo start ups do setor, entre outras.

O grupo voltou muito satisfeito com as visitas e disseram que as chances de negócios se concretizarem são grandes, “A comitiva brasileira ficou admirada como o nível tecnológico, a segurança e beleza do País. Algumas empresas inclusive já agendaram conosco para uma visita em fazendas de banana aqui no Brasil”, disse Heraldo Pupo, consultor do Magreb.

Veja aqui um video com mais informações a respeito da viagem do grupo:

 

Além das tecnologias focadas no cultirvo de bananas, ainda é possível conhecer outras tecnologias em uma das maiores feiras de agrotecnologia, a Agritech, que acontece de 8 a 10 de maio em Tel Aviv, Israel. Para mais informações a respeito, entre em contato conosco: [email protected].