Israel pontuando alto com a indústria de jogos

Atingindo US$ 100 bilhões, o mercado de jogos é o maior setor da indústria global de entretenimento, atraindo mais de 2,2 bilhões de participantes em uma ampla gama de plataformas e formatos. Este mercado lucrativo cria ótimas oportunidades para o ecossistema tecnológico de Israel, que tem desempenhado cada vez mais um papel vital no desenvolvimento de novas tecnologias no mundo dos jogos, captando o interesse de investidores estrangeiros, empresas de jogos líderes bem como jogadores.

Duas grandes aquisições nos últimos anos colocaram em evidência as tecnologias de jogos israelenses. Em 2016, um consórcio chinês adquiriu a empresa de jogos sociais Playtika por US $ 4,4 bilhões, com o consórcio citando o crescimento impressionante da Playtika, o foco em inovação e a capacidade de análise de dados como pontos-chave para a decisão de compra. No ano seguinte, a Aristocrat, com sede na Austrália, adquiriu o desenvolvedor de jogos Plarium em um acordo do US$ 500 milhões.

Por que as empresas em todo o mundo estão cada vez mais dispostas a pagar muito dinheiro pelas tecnologias de jogos israelenses? A resposta está nos pontos fortes do vibrante ecossistema tecnológico de Israel, incluindo tecnologias avançadas de sensores, análise de big data, visão computacional, AR / VR, análise de vídeo, internet das coisas,  adtech e muito mais. Essas capacidades tecnológicas tornaram as empresas israelenses parte integrante do segmento global de jogos, incluindo as seguintes empresas:

•  Edgybees: líder em tecnologia de inteligência visual colaborativa em tempo real, destaca o amplo espectro de aplicativos para algumas das soluções de jogos mais criativas de Israel. A startup de Realidade Aumentada, cuja Tecnologia Colaborativa de Inteligência Visual ™ tem como alvo usuários nos setores de segurança pública, resposta a emergências, automotivo e broadcasting, permanece enraizada em suas origens de jogos, com treinamento militar baseado em Realidade Aumentada e soluções de segurança automotiva.

  • Ayayu Games: especializada em conteúdo e jogos de realidade virtual de “hiper-realidade”, tendo como alvo clientes incluindo arcaderias de Realidade Virtual, parques temáticos, distribuidores de conteúdo e outras empresas que buscam integrar soluções de Realidade Virtual.
  • Woojer: A solução tátil da Woojer é projetada para permitir que os usuários mergulhem totalmente nos mundos de Realidade Aumentada e Realidade Virtual. Os dispositivos wearable da empresa medem e reproduzem frequências que proporcionam sensações táteis, fazendo com que os mundos virtuais ganhem vida.

Enquanto a tecnologia de jogos de Israel já está atraindo a atenção do mundo, a indústria local não descansa. Com Israel em primeiro lugar no ranking OECD no que se refere a investimento do PIB em Pesquisa e Desenvolvimento, o país está bem posicionado para continuar a ser líder nas tecnologias que alimentaram a ascensão de sua robusta indústria de tecnologia de jogos.

Para maiores informações, contatar :  [email protected]